Viagens

Disney: Os preparativos!

22/01/2015

Oi!

Nessas férias eu vou realizar um sonho muito especial: ir à Disney! Quem me conhece sabe que eu já fui uma vez (em 2010), mas desde que voltei, tenho muita vontade de ir novamente e, dessa vez, eu estou muito mais ansiosa e mais empolgada.

Na minha primeira viagem pra Orlando, eu fui de excursão. Ia completar 15 anos e ganhei a viagem de presente. Mas agora tudo é diferente: estou indo sem nenhum vínculo com agências, preparei tudo praticamente sozinha e vou contar pra vocês como foi.

epoca
Escolhi o final de janeiro por dois motivos: queria ir em novembro, mas não deu certo (hahaha) e depois que eu pensei melhor, decidir ir no fim de janeiro/começo de fevereiro porque a quantidade de pessoas nos parques diminue bastante! Eu estou indo e as excursões estão voltando, então esse é um ponto bem positivo. Tive sorte, também, de não pegar nenhum feriado americano na viagem, porque nesses dias os americanos sempre resolvem passear, e os parques da Disney e Universal ficam cheios.

Pra quem não pode ir em maio, setembro e outubro, o fim do mês de janeiro é uma ótima época, pois combina a tranquilidade do destino (afinal, ninguém merece fila de uma hora) com o fim das férias!

quantos dias
Vou passar 15 dias viajando, um em Miami e os outros 14 em Orlando. São dias suficientes pra fazer bastante coisa por lá! Dá pra visitar os parques com calma, fazer compras também com calma, e ainda visitar alguns lugares interessantes, como o Walmart e Walgreens!

Se você está pensando em ir também, fica um conselho: Passar uma semana na Disney, dependendo da época, pode ser muito pouco. Caso você não possa passar os 15 dias, considere, pelo menos, 10. Assim você não corre o risco de voltar chateado porque perdeu algum passeio legal.

quais parques
Isso vai depender das preferências de cada um. Da primeira vez que fui, visitei os 4 da Disney (Animal Kingdom, Epcot, Disney’s Hollywood Studios e Magic Kingdom) + um aquático (Blizzard Beach), os 2 da Universal (Universal Studios e Islands of Adventure), o Sea World e o Busch Gardens. Dessa vez, não irei pra nenhum parque aquático por conta do clima, e não irei também nem pro Sea World, nem pro Busch Gardens. Não que eu não tenha gostado, mas não acho que vale a pena voltar. Pelo menos não agora. O Sea World foi o parque que menos gostei, e o Busch Gardens fica em uma cidade vizinha, Tampa, a 1 hora de Orlando.

Pra conseguir decidir quais parques visitar, você deve pesquisar um pouco sobre cada parque e adequar às suas necessidades. Existe também a possibilidade de visitar dois parques no mesmo dia, com a opção Park Hopper, na Disney, e Park-to-Park, na Universal. Pra quem é fã do Harry Potter e quer andar de Hogwarts Express, o ingresso Park-to-Park é necessário, pois o Hogwarts Express te leva do Beco Diagonal, no Universal Studios, até Hogsmeade, no Islands of Adventure. Visitar dois parques no mesmo dia não é muito recomendável, a não ser que sua viagem seja rápida e que esteja em baixa temporada. E não esqueça que o Magic Kingdom, Epcot e Disney’s Hollywood Studios possuem shows lindos a noite! Não vá embora antes do espetáculo.

como eu fiz
Como eu disse pra vocês, dessa vez eu vou fazer tudo sozinha, sem vínculo com agências. Depois das preocupações iniciais de toda viagem pros Estados Unidos (passaporte e visto), da escolha da data e quantidade de dias, vem a compra da passagem. Com a passagem comprada, pesquise os hotéis disponíveis para a época que você vai estar lá. Alguns sites, como o Decolar e o Booking podem te ajudar. Chegou a hora de escolher aonde você vai querer se hospedar. O valor das diárias em Orlando é baratinho, então você pode escolher a vontade. Tem hospedagem na International Drive, que é a avenida principal da cidade e tem tudo pertinho, em Lake Buena Vista, que são os mais próximos da Disney, dentro do complexo da Universal e dentro do complexo da Disney. Se você está pensando que se hospedar lá dentro é caro, pode ficar tranquilo, que eles possuem opções de hotéis econômicos. Os All Star (Music, Sports e Movie) na Disney e o Cabana Bay na Universal. Na baixa temporada, os preços ficam melhores ainda. Pesquise em um dos sites que citei acima e escolha o que ficar melhor pra você.

Agora, decida se irá alugar um carro. Alguns hotéis possuem traslados grátis para os parques e aeroporto. Caso você esteja vindo de Miami, lembre-se que a distância entre Miami e Orlando é de aproximadamente 4 horas, e o traslado pode sair caro. O aluguel de carro lá também tem um preço amigo. Você pode consultar na Alamo, Sixt, Hertz e várias outras, e decidir o que fica melhor pra você. Caso você tenha menos de 25 anos e vai dirigir, saiba que as locadoras cobram uma taxa por dia. As taxas da Sixt são mais baixas, ao contrário das taxas da Alamo, que são altíssimas. Se você já tiver mais de 25, tudo ok.

Ufa! Foi um bom começo, não? Mas calma, que esse post ainda não acabou. Pra não perder a parte 2 desse mega post de preparativos, curta a página do Blog (tem uma caixinha aqui do lado, é só clicar em Curtir)! E pra acompanhar minha viagem, me segue lá no Instagram! O meu é @aaraujolia.

Um beijo!

Blogagem Coletiva: Lugares do mundo que eu gostaria de conhecer

18/01/2015

Oi!

Esse é mais um post sugerido pelo grupo Blogs que Interagem. Um dos temas do mês de janeiro foi “Lugares do mundo que eu gostaria de conhecer”, e já que eu sou fascinada por viagens, resolvi que esse seria um tema perfeito pra abordar aqui! Separei, então, meu Top 5 viagens que eu preciso fazer antes de morrer.

5) Califórnia – EUA

Tá, sei que é um estado, mas tem um bocado de lugares na Califórnia que eu preciso ir:  só no condado de Los Angeles tem Santa Monica, Beverly Hills, Malibu e a própria Los Angeles, pra tirar uma fotinha bem clichê com o Hollywood sign ao fundo (hehe) além disso, também quero muito, muito conhecer San Francisco.

hollywood los angeles

4) Machu Picchu – Peru

Não sei porque, mas esse lugar sempre me fascinou! Todas as vezes que eu falo que quero conhecer a linda cidade perdida dos Incas, ou as pessoas falam que eu sou maluca e que nunca iriam pra lá, ou elas falam que também querem ir. São os dois extremos, hahah. Imagino que ir para Machu Picchu seja uma aventura de tirar o fôlego, dessas que ficam frescas na memória pra sempre.

Machu Picchu Peru

3) Londres – Inglaterra

Clichê, eu sei. Acabei tendo que escolher entre Londres, Paris, Amstedã e Berlim, porque eles estão empatados, e eu gostaria muito de juntar os 4 (e mais alguns, confesso) em uma viagem enooorme e deliciosa pela Europa. Enfim, Londres foi minha escolhida porque eu morro de vontade de andar na London Eye, de pegar um Underground, de tirar uma fotinha – também clichê – na frente do Big Ben… E de passar por 221B Baker Street, claro.

london uk

2) Santorini – Grécia

O que falar desse lugar perfeito, que ainda nem conheço, mas já amo? Gente, essa paisagem me enche os olhos, vocês não estão entendendo! Só de pensar nesse lugarzinho branco, azul, branco, azul (…) e todo irregular, fico morrendo de vontade de marcar as passagens pra amanhã! Tendo a oportunidade de passar pela Grécia, também quero conhecer Atenas, claro.

Oia, Santorini

1) Dubai – EAU

Costumo falar que no dia que eu conhecer Dubai, eu zero a vida! Hahaha. É o meu maior desejo quando se trata de viagens, sem dúvidas. Acho muito incrível todo o estilo de vida (ostentação) que eles tem por lá hahaha tudo em Dubai é um superlativo. O hotel mais luxuoso, o arranha-céu mais alto, muito ouro… É um lugar incrível. Ficarei extremamente realizada no dia que puser meus pés em Dubai!

Burj Khalifa (Dusk) Panorama

Infelizmente, todas as imagens são do Google, mas um dia ainda farei um update nesse post com as minhas próprias.

Então, pessoal, esses são os lugares do mundo que mais quero conhecer! Quais são os seus?

Um beeeeeijo!

DIY – Kit Viagem

15/01/2015

Oi!

Janeiro é um mês maravilhoso para viajar, e por isso eu troxe pra vocês um DIY perfeito e muito, muito fácil, pra você fazer aí na sua casa. É um kit viagem, com porta passaporte e tag de mala (pra nunca mais pegarem a sua por engano!). Vem ver!

Além do modelo do vídeo, você pode fazer o seu de diversas maneiras. Pra dar um acabamento mais bonito, eu fiz um modelo costurando as abas. Pra quem já tiver mais habilidade com a agulha, sugiro tentar o mesmo, assim não corre o risco da sua aba descolar. Também dá pra fazer com tecido, escrever alguma coisa… Customize do seu jeito, é só usar a imaginação!

Se você gostou da ideia e vai fazer em casa, me manda uma foto do resultado lá no Instagram: o meu é @aaraujolia.

Um beeeeeeijo!